CIRURGIA DA OBESIDADE

A cirurgia é um excelente tratamento para o controle da obesidade severa e suas doenças associadas. Existem métodos que reduzem o tamanho do estômago e outros que reduzem o comprimento do intestino, podendo ser realizados de forma combinada. Cada método tem suas vantagens e desvantagens e sua escolha deve ser feita por orientação do cirurgião, em concordância com os demais médicos e o próprio paciente, buscando aquele com o maior número de vantagens e o menor número de desvantagens para cada pessoa.
A cirurgia de obesidade modifica de forma permanente o estômago e o intestino da pessoa, o que traz alterações importantes na sua capacidade de alimentação e na digestão dos alimentos por toda a vida. Por isto, não é uma cirurgia simples e não deve ser vista ou utilizada como tratamento estético.

Segundo dados do VIGITEL – Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por inquérito telefônico , 52,5% dos brasileiros está acima do peso e 17,9% da população está obesa ( Ministério da Saúde , abril de 2014).

CAUSAS DE OBESIDADE
São vários fatores que resultam da interação de fatores genéticos, ambientais, emocionais e também de estilo de vida.
Ingestão excessiva de alimentos
Os hábitos de vida contemporânea favorecem o consumo exagerado de alimentos de alto valor calórico, mas com pobre qualidade nutricional. Essa ingestão excessiva também pode ser desencadeada por transtornos de compulsão alimentar.
Falta de atividade física
O sedentarismo é outra causa indutora da obesidade. É necessário tentar incluir atividades físicas regulares na rotina diária. O gasto energético vem diminuindo com os confortos da vida moderna, como controles remotos de TV, elevadores, automóveis, escadas rolantes etc.
Predisposição genética
Pesquisas mostram a relação entre herança genética e obesidade.  Normalmente, pais com peso normal têm em média 10% dos filhos obesos. Quando um dos pais é obeso, 50% dos filhos certamente o serão. E, quando ambos os pais são obesos, esse número pode subir para 80%.
Problemas hormonais
Alterações nas funções das glândulas tireoide, suprarrenais e da região do hipotálamo também podem provocar a obesidade.

INDICAÇÃO
A primeira recomendação para o tratamento da obesidade é a adoção de hábitos saudáveis, como dieta leve e exercícios físicos regulares. Em seguida, tenta-se controlar a doença por meio de remédios, os conhecidos emagrecedores. Quando o médico e o paciente se convencem de que se esgotou a tentativa de tratar a obesidade exclusivamente pela mudança do estilo de vida, uma das alternativas mais eficazes é recorrer à cirurgia bariátrica. O método é conhecido popularmente como “redução de estômago”, mas vai muito além. Existem vários tipos de cirurgias disponíveis e cabe ao médico apresentá-los ao paciente e recomendar o mais apropriado – e seguro – para cada caso.
Quem pode operar: obesidade crônica, com mais de 2 anos de tratamento clínico. Idade superior a 16 anos. IMC acima de 40 ou entre 35 e 39,9 que apresentem doenças relacionadas com o quadro de obesidade crônica ( hipertensão arterial, diabetes, artropatias, apneia do sono, dislipidemias e outros).

Índice de Massa Corpórea (IMC):
O índice de massa corpórea é calculado pela divisão do peso (em quilos) pela altura (em metros) elevada ao quadrado.
Exemplo: paciente com 90 kg e 1,50 m de altura: 90kg ÷ (1,5mx1,5m) ͢ 90kg/2,25m2 ͢ IMC: 40kg/m2

Recomendada pela Organização Mundial de Saúde

Definição do risco de comorbidade
Faixa Tipo Risco para saúde
menor do que 18.5 Baixo Peso
entre 18.6 e 24.9 Normal
entre 25 e 29.9 Pré-obeso Aumentado
entre 30 e 34.9 Obesidade classe I Moderado
entre 35 e 39.9 Obesidade classe II Grave
maior do que 40 Obesidade classe III Muito Grave

tabela_peso

DOENÇAS ASSOCIADAS
CONTRA INDICAÇÕES PARA CIRURGIA BARIÁTRICA
PRINCIPAIS TÉCNICAS
FATORES DE SUCESSO
PREPARO PARA A CIRURGIA
INTERNAÇÃO
APÓS A ALTA HOSPITALAR


Dr. Rodrigo de Pinho Maia – CRMMG: 24619
Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariatrica e Metabólica – SBCBM
Membro titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões – CBC